Sem Emenda

Contacto

terça-feira, outubro 26, 2004

mrp

Ainda levado pelo vento, sem saber bem o que escrever para este espaço, resolvi endereçar uma crítica pública à escabrosa margarida rebelo pinto.
Uma vez, tive a infelicidade de dar com um programa em que participava a tão pouco estimada senhora. Fiquei a perceber que granjeava um grande culto. Em Portugal e além-fronteiras. Que no nosso país já se sabia que a cultura escasseava... era um facto, agora a surpresa foi enorme ao saber que a mrp corrompeu alguns editores no estrangeiro, não se sabendo a natureza da "troca de favores" utilizada pela estrepitosa senhora. Uma vez que, para se publicar defecações daquelas, enfim...
Chego a uma conclusão: já na minha infância, conseguia produzir textos de jaez construtivo. Coisa que a dita senhora jamais fará.