Sem Emenda

Contacto

segunda-feira, outubro 18, 2004

Os stôres

Nova concentração de professores à porta do Ministério da Educação (mais conhecido aqui na zona como Mistério da Educação). Eu já há muito que deixei de levar a sério estas peregrinações de docentes recém-formados ao satânico ministério. Tudo está explicado na seguinte história: no meu primeiro ano de universidade, perguntei a vários colegas sobre perspectivas profissionais depois de terminada a licenciatura. A resposta era quase unânime: o destino residia na docência. Razões: gosto pelo ensino? Prazer em preparar novas fornadas de alunos no universo do conhecimento? Não. O destino desta douta gente residia na docência porque "assim o ordenado era certinho. Já para não falar no subsídio de férias, no 13º mês e regalias nos serviços de Saúde."
Ter pena desta gente é ser-se, no mínimo, bem burrinho.

2 Comments:

  • At 11:48 da tarde, Blogger BOS said…

    Em vez de Ministério ou Mistério da Educação, proponho que tratem a coisa por: Cemitério da Educação. Não lhe parece mais apropriado? Quanto ao resto do postal, é mesmo assim sem tirar nem pôr. Eu também estudei com eles, também os conheci, a esses rapazes e raparigas convertidos à docência e à pedagogia por força do 13º. mês.

     
  • At 11:20 da manhã, Blogger JoaoSousa said…

    BOS, de facto, essa denominação parece-me mais indicada.

     

Enviar um comentário

<< Home